Chá para Dor no Estômago

Chá para Dor no Estômago

Chá para Dor no Estômago e que são naturais, como o de hortelã-pimenta, funcho, boldo do chile, artemísia  ou sementes de melão, podem ajudar a aliviar a sua dor no estômago ou aquela sensação de queimação na boca do estômago, porque possuem propriedades calmantes.

A dor no estômago também pode ter causas diferentes, pode ser causada por gastrite, refluxo gastroesofágico, presença de úlceras estomacais ou gastroenterite.

Porém, além destas patologias, o desconforto pode estar relacionado a situações de ansiedade.

Para lidar com a dor no estômago, alguns chás podem ajudar a aliviar o sintoma neste orgão. Embora não substituam um tratamento médico, essas bebidas são práticas para fazer e podem ser usadas para complementar o uso de medicamentos.

 

Alguns Chás para Dor no Estômago:

 

Como fazer chá para dor de estômago

1) Chá de Gengibre – Zingiber officinalis Roscoe 150g

Modo de preparo: 

2 colheres de sopa da erva (rizoma ) para meio litro de água. ferver durante 15 minutos. Tire do fogo e deixe repousando, tampada, por mais algum tempo. Coe e está pronto para o uso.

Como Beber:

Beba 1 xícara de chá de 2 a 3 vezes ao dia.

Curiosidade:

O chá de gengibre contém gingerol, chogaol e zingerona, que são substâncias com propriedades anti-inflamatórias e antieméticas, que ajudam a aliviar a inflamação do esôfago e diminuir a acidez do estômago

A origem do Gengibre é a Ásia, ilha de Java, da Índia e da China. Planta herbácea, com folhas inteiras, alongadas, verdes de 0,40 a 0,80 metros de altura. A parte aérea seca anualmente, mas o caule subterrâneo, o rizoma, é perene, tem formato cilíndrico e gemas para formação de brotos.

Perene, porque pode sobreviver por vários anos. O rizoma é a parte comestível e explorada comercialmente. Existem diferenças na cor das folhas, no tamanho, nas dimensões e nos formatos dos rizomas, em diferentes variedades de Gengibre cultivados no Brasil.

 

2) Chá de Altéia – Althaea officinalis – L. 100g 

Modo de preparo: 

Coloque 2 colheres de sopa de erva para um litro de água, Deixe cozinhar por 3 ou 4 minutos a partir do momento em que se inicia a ebulição, após esse tempo, retire do fogo e deixe repousando, tampada, por 10 minutos. Coe e está pronto para o uso.

Como Beber:

Tomar 2 a 3 xícaras ao dia.

Curiosidade:

Esta planta tem efeito anti-inflamatório, calmante e protetor do estômago. A Altéia é famosa pelas suas virtudes béquicas e emolientes. Assim, segundo algumas opiniões, supera a malva nessas suas virtudes.

A designação de malvaísco sugere uma relação entre as duas plantas, efetivamente, as utilizações medicinais da malva, que pertence também à família da Malváceas, são muito semelhantes às desta planta.

Proveniente das estepes asiáticas, muito antes da Era Cristã, a Altéia aclimatou-se facilmente na Europa.

 

3) Chá de Funcho – Foeniculum vulgare – Miller 100g 

Modo de preparo: 

Coloque 2 colheres de sopa de erva para um litro de água, quando a água alcançar fervura, desligue. Tampe e deixe a solução abafada por cerca de 10 minutos. Em seguida, é só coar e beber.

Como Beber:

Tomar 2 a 3 xícaras ao dia.

Curiosidade:

O chá de funcho possui anetol, estragol e alcânfora na sua composição, e tem ação antiespasmódica, anti-inflamatória, analgésica e digestiva.

O funcho, também conhecido por erva-doce, anis-doce, maratro ou finóquio, ou fiuncho, que é o nome vernáculo dado à espécie herbácea Foeniculum vulgare Mill (sinónimo taxonómico de Anethum foeniculum L. e de Foeniculum officinale L.) é uma umbelífera fortemente aromática comestível utilizada em culinária, em perfumaria e como aromatizante na fabricação de bebidas.

 

4) Chá de Boldo do Chile – Peumus boldus Molina 100g

Modo de preparo: 

Colocar em infusão, em um litro de água fervente 1 colher de sopa de Boldo, deixe levantar fervura. Desligue o fogo e abafe por dez minutos.

Como Tomar:

Tomar 1 xícara 3 a 4 vezes ao dia.

Descrição:

O Boldo do Chile é uma planta medicinal muito conhecida por tratar problemas do fígado e dores de estômago, especialmente relacionados a má digestão.

O Boldo do Chile (Peumus boldus Molina) é uma árvore que pertence à família das Monimiaceae,que é uma família de plantas angiospérmicas (plantas com flor – divisão Magnoliophyta), pertencente à ordem Laurales.

As folhas deste Chá para Dor no Estômago eram conhecidas nas comunidades indígenas sul-americanas que habitavam os Andes chilenos, tornando-se conhecidas mundialmente a partir da colonização européia da América.

 

5) Chá de hortelã-pimenta

Como prepará-lo: 

Em uma xícara, adicionar a água sobre as folhas picadas de hortelã-pimenta, tampar e deixar repousar por 5 a 7 minutos. Coar, adoçar com mel se desejar, e tomar 3 a 4 xícaras por dia, logo após as refeições.

Como Bebê-lo:

Tomar 1 xícara de 2 a 4 vezes por dia

Descrição:

O chá de hortelã-pimenta, de nome científico Mentha piperita L., é rico em óleos voláteis como mentol e mentona, que possuem propriedades anti-inflamatórias, antiespasmódicas, calmantes e analgésicas, e ajudam a aliviar a dor no estômago, além de diminuir outros sintomas de problemas gastrointestinais, como náuseas ou vômitos.

 

6) Chá de Artemísia – Artemisia vulgaris – L. 100g

Modo de preparo: 

1 – Coloque um litro de água para ferver;
2 – Em seguida, desligue o fogo e acrescente uma colher de sopa da erva;
3 – Misture e deixe a solução tampada por 10 minutos;
4 – Em seguida, coe e beba;

Como Beber:

Tomar uma xícara, três vezes ao dia.

Curiosidade:

A artemísia é usada para tratar problemas de digestão, como perda de apetite, dores de estômago, doenças da vesícula biliar e espasmos intestinais.

A artemísia é uma planta herbácea, que mede pouco mais de um metro de altura, e é muito utilizada na culinária, devido seu sabor característico, e na medicina alternativa.

Originária da Ásia, a erva artemísia também é conhecida pelos nomes populares de gengibre verde, camomila do campo, flor-de-são-joão, rainha das ervas, erva de fogo e absinto selvagem e atualmente é facilmente encontrada em todo o Brasil.

Existem mais de 380 espécies de artemísia, mas o nosso chá é produzido com a Artemisia vulgaris.

 

Esperamos que tenham gostado das dicas de Chá para Dor no Estômago. Tema alguma nova sugestão também? Deixe seu comentário.

Deixe um comentário